Pesquisa
+351 262 841 505
 

Formacao Acao Melhor Turismo

AIRO / Formacao Acao Melhor Turismo

Recuperação Empresarial do Setor do Turismo

 

Ações

Gestão Global

REATIVAR  CANAIS  INSTITUCIONAIS
Manter os canais institucionais limados: Câmaras Municipais, Entidades Regionais de Turismo, Turismo de Portugal, acompanhamento permanente das medidas de apoio ao setor a partir do site: https://covid19estamoson.gov.pt/.

CRIAR MAPA DE PLANEAMENTO ESTRATÉGICO
Elaborar mapa de planeamento estratégico, revenue management e controlo de custos, prevendo 3 cenários:
– Recuperação rápida (2-3 meses)
– Recuperação a médio prazo (3-6 meses)
– Recuperação lenta (mais de 6 meses)
Ajustar a previsão de acordo com cada um destes cenários de procura e ver como isso afeta o seu fluxo de tesouraria.

AJUSTAR PLANO DE HIGIENIZAÇÃO / SANITÁRIO
Elaborar e implementar um plano sanitário: comunicar que “Vamos limpar com mais frequência” não serve! Será preciso um ciclo constante de limpeza profunda, além de espaços dedicados com desinfetante para mãos e sabão (A)*; registe efetivamente os horários de limpeza para que nada seja esquecido e possa ser comunicado, bem como uma lista de verificação que inclua em detalhe todos os passos do procedimento usado (B)*.
*REGISTOS FOTOGRÁFICOS DA EQUIPA NA PREPARAÇÃO

CONTROLAR PREÇO – EVITE REDUÇÕES
Evitar reduções de preço!
Em compensação oferecer spa, pequeno almoço, entradas para eventos locais, estacionamento grátis,welcome drink, passeios de cortesia, etc.*
*MEDIANTE A ANÁLISE DE RESPOSTA DA PROCURA – PRIORIZAR CLIENTE HABITUAL/REPETIÇÃONUMA 1ª FASE

MELHORAR EXPERIÊNCIA
Usar os níveis de ocupação mais baixos para oferecer aos hóspedes que regressem uma experiência melhor, sem canibalizar o seu posicionamento: proponha upgrades!

MOBILIZAR RH
Mobilizar os recursos humanos de acordo com as necessidades: possibilidade de lay off simplificado, férias, banco de horas.

GERIR FORNECEDORES
Gestão do relacionamento com fornecedores (sobretudo locais), prestadores de serviços e clientes. No caso dos fornecedores avalie se precisa de renegociar pagamentos e priorize, tendo em conta o impacto da crise em cada um.

CRIAR MANUAL DE GESTÃO DE CRISE
Criar um manual de gestão de crise, acautelando que este contexto pode repetir-se em breve…, e já agora, devem também ser ponderados outros cenários, como catástrofes naturais.

AVALIAR STOCKS EEPI ’S
Assegurar que tem todos os materiais e EPI’s: luvas, máscara, gel desinfetante, produtos de limpeza de desinfeção e outros químicos.

NEGOCIAR
Negociar com os operadores novas margens, com base em possíveis falhas/cenários.

ATIVAR O MERCADO DOMÉSTICO
Quando a confiança voltar, o mercado doméstico vai reagir mais rápido do que qualquer outro: as pessoas não se vão sentir confortáveis em viajar tão cedo para o exterior.

REANIMAR O MERCADO IBÉRICO
O mercado ibérico continua a ter grande potencial, sobretudo nas zonas da raia.

GERIR DISTRIBUIDORES
Reforçar a relação com a distribuição, é necessário recorrer

ATUALIZAR INFORMAÇÃO
Atualizar a informação nas OTA’s, abordagem mais proativa em termos de limpeza e higienização, além de poder adicionar novos pacotes e ofertas.

INTEGRAR NOVOS PARCEIROS LOCAIS
Identificar potenciais novos parceiros locais, para reforçar a experiência e programa.
Certifique-se que considera soluções fora da caixa e proponha-lhes alguma formação sobre a sua operação, procedimentos de sustentabilidade (e não se esqueça de o comunicar).

CRIAR NOVOS SERVIÇOS
Integrar a possibilidade de requisição de médico on demand, para as empresas mais afastadas de centros hospitalares (+20mn). Estabeleça parceria com médico local.

REVER VALIDADES
Rever validades de produtos, sobretudo os perecíveis.

Marketing e Comunicação

NÃO FAZER CORTES
Resistir à tentação imediata! Não corte no que se vai revelar essencial. O marketing, em tempos de crise, é o que pode manter a sua empresa na liderança da comunicação positiva e em destaque. Não corte no marketing e comunicação, mude ou consolide o seu foco na sustentabilidade: natureza, higiene e saúde, sobretudo nas empresas localizados em espaços urbanos ou rurais, onde a massificação do turismo não seja ainda uma realidade.

INVESTIR EM PESQUISA PAGA
Investir maismeta-search: quando os clientes iniciarem a procura de soluções é porque já têm a intenção de reservar. Assim, deve investir mais na pesquisa e meta-pesquisa para capturar o maior número possível de clientes e levá-los ao site da empresa.
Para se manter no top of mind – especialmente quando os clientes começarem a pensar em viajar novamente – continue a investir em pesquisa paga e meta-search, para garantir que continua a aparecer àqueles que ainda pensam em viajar ou venham a pensar em breve (todos precisaremos de escapar a este cenário em breve). E não, esta proposta não é para as grandes empresas!!!!!

AVALIAR O QUE PODE MELHORAR
Fazer uma ‘Auditoria’ de Marketing para rever o estilo da sua marca, site e materiais de ativação de vendas (comunicam efetivamente a proposta de valor da sua oferta e benefícios?).

ABUSAR DA TRANSPARÊNCIA
Usar o site e redes sociais para passar informação transparente (ex.: mensagem aos nossos clientes/hóspedes); não esconda a situação do vírus e a crise, integra-a.

DISPONIBILIZAR MAIS E MELHOR INFORMAÇÃO
Informar dos procedimentos de higiene e segurança em curso: limpeza dos espaços, arejamento (ex.: “Enquanto a atual crise se mantiver, garantimos aos nossos clientes que a sua segurança e a de nossa equipa continuam a ser a nossa maior prioridade. Por isso, estamos a cumprir estritamente todas as orientações das nossas autoridades, seguimos as rigorosas diretrizes de saúde e segurança e adotamos o mais alto nível de medidas preventivas para manter todos em segurança- fotografias das medidas – voltaremos em breve a oferecer a todos experiências
maravilhosas!“).

INVESTIR NA COMUNICAÇÃO INTERNA
Deposite o seu compromisso com a limpeza na frente e no centro da comunicação: placas nas zonas de atendimento e zonas comuns, partilha dos procedimentos de segurança , informação nos WC de incentivo à lavagem das mãos (Ex. “vamos todos lavar as mãos!” pode ser uma maneira inesquecível de lembrar a todos que a lavagem das mãos é a melhor maneira de prevenir a infeção e não hesite em informar que aderiu às diretrizes aceites globalmente, como
“a nossa unidade/empresa segue as diretrizes da OMS para uma higienização adequada e completa”).

CHAMAR A NATUREZA
Registar o contacto com a natureza: deixar entrar o ar, sol, etc.

PREFERIR FORNECEDORES LOCAIS
Comunicar a preferência por fornecedores locais.

REFORÇAR OS TESTEMUNHOS
Recolher testemunhos das experiências dos clientes e partilhá-las para o recomeço, numa lógica de: “As minhas memórias dessa experiência foram…”.

IDENTIFICAR SEGMENTOS DE MERCADO
Identificar os segmentos de mercado com maior probabilidade de fazerem reservas, como jovens, famílias e casais jovens a curta distância de carro.

CAPTAR INFLUENCIADORES
Quando o surto estiver sob controlo, o marketing de influenciadores pode ser uma ótima maneira de mostrar que a sua empresa é segura: listar bloggers e influencers mais adequados.

REFORÇAR A MARCA
Reforçar o valor da marca e solidificar as práticas/valores de sustentabilidade com credibilidade (mostrar apenas o que é feito ou o que está programado). Some à sua marca o valores de outras:
ex: Divulgue mais as suas certificações, galardões e distinções, desde que atuais!

CAPTAR LEADS
Para captar mais vendas entre a procura que venha a existir, pode-se concentrar na conversão de leads em potencial – clientes que já visitaram o seu site (o redirecionamento é uma forma eficaz de conseguir isto, redirecionando campanhas para clientes que já estiveram no site da empresa).

REEMBOLSAR
Assegurar o reembolso para quem marque e cancele.

ADIAR
Comunicar que não façam cancelamentos, mas adiem, a longo prazo (2021), eventualmente com pequenos upgrades ou benefícios extra.

R EVER WEBSITE
Assegurar que no site as mensagens estão segmentadas para os clientes domésticos ou visitantes ibéricos. Reforçar nas mensagens as vantagens da reserva direta (Ex de boas mensagens no site: https://help.triptease.com/en/articles/1783991-messaging-tips-and-bestpractices).

APOSTAR EM EMAIL MARKETING
Distribuir e-mails para toda a gente baseados em 3 componentes:
(A) Empatia: a introdução deve estar muito clara, este é um momento difícil para todos e que a segurança é a prioridade. Deve evitar ser ‘autista’ em relação aos aspetos trágicos e stressantes desta pandemia global! Seja humano e real, em vez de distante e corporativo;
(B) Atualize: partilhe as suas medidas de higienização e o que o está a fazer para combater o vírus e para manter a equipe e os hóspedes em segurança;
(C) Lembre: Informe a partir de quando a sua empresa estará a funcionar e terá prazer em aceitar hóspedes. Não inclua um desconto. Feche o e-mail com algumas frases positivas, que destaquem a sua proposta de valores, os valores da empresa e aquilo que representa.

REFORÇAR EMAIL PERSONALIZADO
Enviar um e-mail específico e personalizado para as próximas reservas: quando começar a ter reservas, confirme com um email personalizado, informando das condições de higiene e saúde, opções de cancelamento, os benefícios de estar aí…; para os que cancelaram, importante retomar esse relacionamento, informe-os de que sente muito por ter sido cancelados, mas que serão bem-vindos a qualquer momento, caso desejem refazer a reserva.

FIDELIZAR
Potenciar ou reativar programas de fidelização: reduza os critérios para obtenção de ‘pontos’; ofereça pontos a dobrar para os próximos meses; ressuscite clientes inativos; relembre clientes que têm pontos a expirar que os podem aproveitar, com upgrades.
Renovar o contacto com antigos clientes através de envio de e-mail, postal, amostra, souvenir com a identidade da empresa (eles guardam uma recordação positiva da empresa) e convidar à partilha.

DIVULGAR PARCERIAS LOCAIS
Aproveitar para divulgar as suas parcerias locais, o seu compromisso com a rápida resolução da crise e o apoio a outros, é uma excelente oportunidade para partilhar conteúdo não promocional nas redes sociais.

 

Gestão de Pessoas

CONTACTAR COM COLABORADORES
Se os colaboradores estão em casa, ligue diariamente para saber como estão e caso seja possível, desenvolva atividades online e em conjunto: ex: como tomar café ao mesmo tempo, jogos, desafios porwhatsapp e outras atividades.

REGISTAR E COMUNICAR
Manter comunicações eficazes com os colaboradores sobre questões relacionadas com a pandemia.

APOSTAR NA TRANSPARÊNCIA
Explicar aos colaboradores o impacto da crise e pedir-lhes toda a colaboração e flexibilidade: seja transparente e aberto sobre a situação e seu impacto no negócio.

SALVAGUARDAR OS COLABORADORES
Assegurar o bem-estar dos funcionários, instituindo medidas de controle e saúde apropriadas.

EMPATIZAR
A empatia com as nossas pessoas é poderosa, é uma boa oportunidade para treinar/formar as equipas – todos devem estar devidamente informados sobre as últimas mensagens, políticas e processos. A última coisa que deseja é que os colaboradores tenham mensagens diferentes da sua. Isso cria confusão e um futuro mau atendimento ao cliente. Mantenha uma mensagem unificada e consistente.

OUVIR
Oportunidade para recolha de sugestões de melhora da equipa ou rever procedimentos internos (que nunca são feitos por falta de tempo).

REGRESSAR DE FORMA POSITIVA
No regresso ao trabalho, assegure-se que os colaboradores estão bem de saúde e que mantêm espírito positivo, essencial para proporcionar uma experiência positiva aos clientes.

CONTACTAR COM COLABORADORES
Se os colaboradores estão em casa, ligue diariamente para saber como estão e caso seja possível, desenvolva atividades online e em conjunto: ex: como tomar café ao mesmo tempo, jogos,desafios porwhatsapp e outras atividades.

REGISTAR E COMUNICAR
Manter comunicações eficazes com os colaboradores sobre questões relacionadas com a pandemia.

APOSTAR NA TRANSPARÊNCIA
Explicar aos colaboradores o impacto da crise e pedir-lhes toda a colaboração e flexibilidade: seja transparente e aberto sobre a situação e seu impacto no negócio.

SALVAGUARDAR OS COLABORADORES
Assegurar o bem-estar dos funcionários, instituindo medidas de controle e saúde apropriadas.

EMPATIZAR
A empatia com as nossas pessoas é poderosa, é uma boa oportunidade para treinar/formar as equipas – todos devem estar devidamente informados sobre as últimas mensagens, políticas e processos. A última coisa que deseja é que os colaboradores tenham mensagens diferentes da sua. Isso cria confusão e um futuro mau atendimento ao cliente. Mantenha uma mensagem unificada e consistente.

OUVIR
Oportunidade para recolha de sugestões de melhora da equipa ou rever procedimentos internos (que nunca são feitos por falta de tempo).

REGRESSAR DE FORMA POSITIVA
No regresso ao trabalho, assegure-se que os colaboradores estão bem de saúde e que mantêm espírito positivo, essencial para proporcionar uma experiência positiva aos clientes.

Para mais informações contatar a AIRO

 

Inscrição

 

Este site utiliza cookies para lhe oferecer a melhor experiência possível de navegação.
Para navegar no site é necessário aceitar as cookies.
Política de privacidade

Política de privacidade

Leia por favor esta Política de Privacidade com atenção, pois no acesso a este site, a disponibilização dos seus dados pessoais implica o conhecimento e aceitação das condições aqui constantes.

Quem é o responsável pela recolha e tratamento dos dados?
A AIRO é a entidade responsável pela recolha e tratamento dos dados pessoais, podendo, no âmbito da sua atividade, recorrer a entidades por si subcontratadas para a prossecução das finalidades aqui indicadas.

O que são dados pessoais?
Dados pessoais são qualquer informação, de qualquer natureza e independentemente do respetivo suporte, incluindo som e imagem, relativa a uma pessoa singular identificada ou identificável. É considerada identificável a pessoa que possa ser identificada direta ou indiretamente, designadamente por referência a um número de identificação ou a um ou mais elementos específicos da sua identidade física, fisiológica, psíquica, económica, cultural ou social.

Que dados pessoais são recolhidos e tratados?
A AIRO procede à recolha e ao tratamento, entre outros, dos seguintes dados pessoais: nome, número de telefone e endereço de correio eletrónico. A AIRO assume que os dados foram fornecidos pelo titular dos mesmos ou que este deu autorização para o efeito e presume que os mesmos são verdadeiros e se encontram atualizados.

De que forma são recolhidos os seus dados?
Os dados pessoais podem ser recolhidos através dos seguintes meios:
Os dados recolhidos são processados e armazenados informaticamente e no estrito cumprimento da legislação de proteção de dados pessoais sendo armazenados em base de dados específicas, criadas para o efeito, pela AIRO ou pelas entidades por esta subcontratadas.
Alguns dados pessoais recolhidos no website são de preenchimento obrigatório e, em caso de falta ou insuficiência desses dados, a AIRO poderá não conseguir prestar-lhe os serviços ou as informações por si solicitadas. Em cada caso concreto, a AIRO informá-lo-á da natureza obrigatória do fornecimento dos dados pessoais em causa.
Para a prossecução das finalidades acima identificadas a AIRO poderá proceder à interconexão dos dados recolhidos, com o propósito de atualizar e completar tais dados.

TRANSFERÊNCIA DE DADOS:
A AIRO não tranfere os seus dados.
Em momento algum vendemos os seus dados!

PERÍODO DE CONSERVAÇÃO DOS DADOS:
Salvo indicação em contrário ou por motivos legais, os dados recolhidos apenas são conservados pelo período estritamente necessário à prossecução das finalidades do tratamento, garantindo-se o seu apagamento logo que cessada a finalidade.

OS DIREITOS QUE LHE ASSISTEM:

Em que consiste o direito de acesso?
O direito de acesso permite-lhe saber se os seus dados estão ou não a ser tratados e em caso afirmativo, prestar-lhe informações como, por exemplo, os fins de tratamento, as categorias dos dados que são tratados, os destinatários aos quais foram ou serão comunicados, o prazo previsto da conservação dos dados pessoais ou, caso não seja possível, os critérios utilizados para determinar este prazo. A AIRO compromete-se a prestar-lhe todas as informações relativas ao seu pedido no prazo de um mês, que poderá ser prolongado em função da complexidade do pedido. Nos casos em que os pedidos se revelem excessivos ou manifestamente infundados, a AIRO reserva-se o direito de imputar custos administrativos para tratamento do seu pedido. Poderá exercer o seu direito através dos contactos da AIRO.

E o direito à retificação?
O direito retificação dos seus dados pessoais caracteriza-se por solicitar a correção e/ou atualização dos seus dados quando se encontrem incorretos e/ou desatualizados. Poderá exercer o seu direito através dos contactos da AIRO.

Em que consiste o direito à limitação do tratamento?
O direito à limitação do tratamento permite-lhe solicitar a restrição do tratamento dos seus dados pessoais. Neste caso o Responsável pelo Tratamento pode proceder ao armazenamento dos dados, mas não os pode utilizar. Este direito apenas pode ser exercido em determinadas situações, taxativamente elencadas no Regulamento Geral de Proteção de Dados, a saber:
Poderá exercer o seu direito através dos contactos da AIRO.

Em que consiste o direito à portabilidade?
O direito à portabilidade permite-lhe solicitar à AIRO que os seus dados pessoais sejam transferidos para si ou para outro responsável pelo tratamento. Este direito depende de três condições: Poderá exercer o seu direito através dos contactos da AIRO..

Em que consiste o direito ao apagamento?
O direito ao apagamento, ou direito a ser esquecido, permite-lhe que, em determinadas situações, possa exigir que os seus dados sejam eliminados. Este não é um direito absoluto e apenas poderá ser exercido nos casos em que a conservação dos dados pessoais viole o regulamento, designadamente: O direito ao apagamento não poderá ter lugar nos casos em que esteja em causa o exercício do direito à liberdade de expressão e informação, bem como nos casos em que seja necessário para o cumprimento de uma obrigação legal, ou para fins de investigação científica ou histórica ou fins estatísticos e ainda para o exercício do direito de defesa e de formulação de reclamações junto das autoridades competentes.

Em que consiste o direito de oposição?
Poderá exercer o direito de oposição ao tratamento para fins de marketing, exceto nos casos em que entendamos que existem motivos legítimos imperativos para que o tratamento prevaleça sobre os seus interesses, direitos e liberdades. Poderá exercer este direito mediante a utilização da opção “remover”, referida em todas as nossas comunicações. Este direito pode igualmente ser exercido nos casos em que pretenda opor-se à criação de perfis – profiling. Poderá exercer o seu direito através dos contactos da AIRO.

Em que consiste o direito a retirar o consentimento?
Nos casos em que tenha dado o seu consentimento para o tratamento de dados pela AIRO, poderá, em qualquer momento, revogar o consentimento anteriormente dado. Não obstante a retirada do consentimento, todo e qualquer tratamento que tenha sido efetuado em momento anterior à revogação do consentimento considera-se lícito, produzindo a revogação apenas efeitos futuros. Poderá exercer o seu direito através dos contactos da AIRO.

EXERCÍCIO DE DIREITOS
Todos os direitos enunciados poderão ser exercidos de forma gratuita para o e-mail rgpd@airo.pt. Informamos ainda que lhe assiste o direito de apresentar uma reclamação perante a autoridade de controlo competente, especialmente quando, junto do responsável pelo tratamento, não tenha obtido satisfação no exercício dos seus direitos.

CONFIDENCIALIDADE
A AIRO garante que toda a informação que nos presta é considerada confidencial. A AIRO não vende, distribui, ou procede a qualquer tipo de negócio com a informação e os dados pessoais que nos são por si disponibilizados.

Alterações à Política de Privacidade
A AIRO reserva-se o direito de, a qualquer altura, proceder a reajustamentos ou alterações à presente Política de Privacidade, sendo essas alterações devidamente publicitadas neste site.



Política de cookies

A leitura desta política é importante, pois ao continuar a navegar no nosso website concorda com o uso de cookies no seu browser e dispositivos utilizados, exceto se os tiver desativado.

O que são cookies
Os cookies são pequenos ficheiros de texto com informação relevante que o seu dispositivo de acesso (computador, telemóvel/smartphone ou tablet) carrega, através do navegador de internet (browser), quando um site é visitado pelo utilizador. Saiba mais sobre cookies em: AllAboutCookies.org. Estes ficheiros permitem que durante um certo período de tempo o site se «lembre» das suas ações e preferências. Os cookies utilizados não recolhem informação que identifica o utilizador, recolhem informações genéricas, designadamente a forma como os utilizadores chegam e utilizam os sites ou a zona do país/países através do qual acedem ao site, etc. É por isso que quando percorre as páginas de um site ou regressa a um site que já visitou não tem, em princípio, de voltar a indicar as suas preferências ou introduzir repetidamente as mesmas informações.

Que tipo de cookies utilizamos
Cookies essenciais ou de sessão: Alguns cookies são essenciais para aceder a áreas específicas do nosso site. Estes são necessários para algumas áreas do site funcionarem, mas não são utilizados de forma alguma para o identificar pessoalmente. Os cookies de sessão são temporários e são automaticamente eliminados uma vez que saia do site. Estes cookies não podem ser desativados, pois são essenciais ao bom funcionamento do site.

Cookies de funcionalidade: Utilizamos estes cookies para nos permitir relembrar as preferências do utilizador. Por exemplo, os cookies evitam digitar o nome do utilizador cada vez que este acede ao site. Não são necessários para que o site funcione, mas podem melhorar a experiência do cliente. Não armazenamos quaisquer dados pessoais nestes cookies.

Cookies analíticos / desempenho: Utilizamos estes cookies para analisar a forma como os utilizadores usam o site e monitorizar a performance deste. Por exemplo, permitem-nos saber quais as páginas mais populares, qual o método de ligação entre páginas que é mais eficaz, ou determinar a razão de algumas páginas estarem a receber mensagens de erro. Estes cookies são utilizados apenas para efeitos de criação e análise estatística, sem nunca recolher informação de caráter pessoal.

Cookies que enviam informação para outras empresas: São cookies configurados no nosso website por uma empresa parceira (ex: Facebook ou anunciantes). Estas empresas podem utilizar os dados recolhidos destes cookies para anonimamente direcionar publicidade para si noutro website, tendo em conta a sua visita ao nosso website. Por exemplo, se usar uma ferramenta de uma rede social (ex: “Gosto” ou “Partilha” do Facebook) neste website, este cookie irá registar a utilização dessa ferramenta e a rede social (Facebook, neste caso) poderá recolher esta informação.

ATENÇÃO: Ao desabilitar cookies algumas funcionalidades poderão não estar disponíveis.

Como controlar as cookies
O utilizador pode, a qualquer momento e através do seu navegador de internet (browser), decidir ser notificado sobre a receção de cookies, bem como bloquear a respetiva entrada no seu sistema. Salienta-se, no entanto, que com a recusa de uso de cookies corre o risco de desativar determinados serviços e funcionalidades do site. Para mais informação para controlo e/ou apagar os cookies consultar a ajuda do seu browser ou AllAboutCookies.org

Fechar